terça-feira, 31 de agosto de 2010

COMPANHIA UNIÃO FABRIL (OU FÁBRICA DE TECIDOS RHEINGANTZ)

A Companhia União Fabril foi fundada em julho de 1873, mas começou suas atividades no ano de 1874.  Esta fábrica de tecelagem marca o início da industrialização na cidade do Rio Grande.  Idealizada por Carlos Rheingantz, brasileiro e filho de alemães, juntamente com o alemão Herman Vater.   A partir de 1885 foram construídas residências para abrigar parte dos funcionários.   As moradias tinham estilo e valor diferenciado de acordo com o cargo que o respectivo morador exercia na fábrica.   A Vila Operária, um conjunto de  moradias em fita,  construída com as paredes laterais comuns  entre si e com um único telhado de uma água para todas as casas.   No lado oposto da Avenida Rheingantz com padrão diferenciado se localiza as residências que eram destinadas aos mestres e engenheiros da fábrica, na maioria estrangeiros.  As casas foram construídas de acordo com a nacionalidade desses funcionários, com predominância do estilo germânico.  Além das residências, a fábrica construiu em 1911, no interior do seu sítio industrial, um prédio no estilo enxaimel, denominado Cassino dos Mestres.   Era uma espécie de hotel de luxo reservado para cerimonias sociais, como também para hospedagem dos funcionários do alto escalão da Companhia.    No parque fabril também foi construído um prédio para abrigar a Sociedade de Mutualidade que prestava serviços assistênciais aos empregados, uma escola e uma cooperativa.

FACHADA DA FÁBRICA

DETALHE DA FACHADA DA FÁBRICA

DETALHE DA CAIXA D'ÁGUA

Nenhum comentário:

Postar um comentário